Nini Satar chega hoje a Maputo

Moçambique

Momade Assif Abdul Satar, mais conhecido por Nini, chega hoje a Maputo, na sequência da sua detenção na Tailândia e extradição para Moçambique, donde havia fugido sob alegação de tratamento médico na Índia.

Segundo a Agência France Press (AFP), que cita fontes policiais locais, Nini Satar teria partido de Bangkok ontem, num voo das linhas aéreas do Quénia, esperando-se que chegue a Maputo hoje.
O fugitivo está fora de Moçambique desde que lhe foi concedida a liberdade condicional em 2014, após ter cumprido metade dos 24 anos de prisão, por ter sido um dos mandantes do assassinato do jornalista Carlos Cardoso, no ano 2000.

A Procuradoria-Geral da República de Moçambique emitiu um mandado internacional de captura contra Nini Satar, acusado de ter organizado uma associação criminosa para o rapto de indivíduos, cujo resgate envolvia avultadas somas.

Ele saiu do país, como referido, com a justificação de procurar tratamento médico na Índia, havendo, no entanto, indicações de ter optado por ir à Inglaterra.

Via Jornal Noticias