PRESIDENTE PORTUGUÊS LAMENTA MORTE DE LÍDER DA RENAMO E EXPRESSA PESAR A NYUSI

Mundo

O Chefe de Estado Portugês, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou esta quinta-feira a morte do líder da Renamo, Afonso Dlhakama, pela qual expressou o seu pesar ao Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi.

 Numa curta nota, de dois parágrafos, publicada no portal da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa “lamenta a morte de Afonso Dhlakama” e “apresenta as suas condolências à família” do presidente da Renamo, referindo que “anos atrás” os dois se encontraram em Moçambique.

“Em mensagem enviada ao Presidente Nyusi, o chefe do Estado Português expressou o seu pesar pelo falecimento do líder da Renamo, partido com assento na Assembleia da República, e interlocutor privilegiado nos caminhos do diálogo, da paz e da concórdia neste nosso país irmão”, lê-se na mesma nota.

Afonso Dlhakama, presidente da Renamo, morreu esta quinta-feira, aos 65 anos, disse à Lusa fonte partidária.

Dlhakama vivia refugiado na serra da Gorongosa, no centro do país, desde 2016, como havia feito noutras ocasiões, quando se reacendiam os confrontos entre a Renamo e as Forças de Defesa e Segurança de Moçambique. (RM-NM)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.