Brancos podem “ir para o inferno” diz Malema

Mundo

líder do partido sul africano Combatentes da Liberdade Económica, Julius Malema, atacou a população branca do país afirmando que os brancos “podem ir para o inferno” e que o seu partido “não se importa com os sentimentos dos brancos”.

Falando num comício em Johannesburg, Malema criticou o principal partido da oposição a Aliança Democrática (AD) e disse que é intensão do seu partido afastar esse partido do comando de diversas cidades que actualmente controlam.

Para Malema a AD é um partido racista que promove os interesses dos brancos.

“Todos os brancos que votam pela AD ….. podem ira para o inferno, não estamos interessados nos sentimentos dos brancos”, afirmou Malema que disse no entanto que o seu partido “não odeia os brancos, mas ama os negros”.

O dirigente dos Combatentes da Liberdade Económica disse que o processo de redistribuição de terras para a população negra deve ser acelerado acrescentando que a África do Sul não deve ouvir as opiniões vindas do estrangeiro sobre a questão.

“Não vamos ouvir a Grã-Bretanha, não vamos ouvir o parlamento europeu, não vamos ouvir a ONU, vamos ouvir o povo da África do Sul” disse Malema

VOA – 04.03.2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.