Domingo, Fevereiro 18, 2018
Home > Mundo > Tanzânia prende 12 homens por homossexualidade

Tanzânia prende 12 homens por homossexualidade

12 homens, incluindo dois sul-africanos, um ugandense e nove tanzanianos foram presos na Tanzânia por homossexualidade na sequência da operação de repressão em curso contra os homossexuais.

O chefe da polícia de Dar es Salaam, Lazaro Mambosasa, confirmou a notícia através da mídia local ontem.

 “Nós prendemos os criminosos no hotel Peacock porque eles estavam promovendo a homossexualidade. Dois são sul-africanos, um ugandense e nove tanzanianos, “

“A lei da Tanzânia proíbe este ato entre pessoas do mesmo sexo, é uma violação das leis do nosso país”, acrescentou.

Entre os detidos, o gerente do hotel havia fornecido uma sala para eles.

Em fevereiro, a Tanzânia ganhou críticas internacionais depois de anunciar o fechamento de vários centros de saúde especializados em prevenção de Aids, alegando que eles eram frentes para promover a homossexualidade.

O governo de Dar es Salaam também prometeu expulsar estrangeiros que fazem campanha pelos direitos dos homossexuais.

O gay é punível com qualquer coisa, desde 30 anos até a prisão perpétua sob a lei da Tanzânia. Não há tal proibição nas relações lésbicas.

Via FaceofMalawi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *