Durante meses, este rapaz andou com o coração às costas (literalmente)

A vida de Stan Larkin fica marcada por esta mochila. Agora, 17 meses depois, conseguiu um transplante.

Stan Larkin, de 25 anos, viveu sem um coração durante 17 meses, trazendo sempre consigo uma mochila com um órgão artificial que substituía as suas funções vitais.

A mochila que transportou às costas, durante mais de um ano, carregava o SynCardia Freedom Portable Driver, um aparelho com cerca de seis quilos que lhe permitiu viver uma vida normal sem um transplante. Segundo o Daily Mail, este dispositivo é utilizado por pacientes cujo coração deixa de funcionar e quando os aparelhos cardíacos não servem para manter as funções, sendo que Stan viu ser-lhe diagnosticada uma cardimiopatia.

O jovem começou a usar esta mochila em dezembro de 2014, tornando-se na primeira pessoa a usá-la no estado de Michigan, nos Estados Unidos, e só a ‘largou’ em maio de 2016, altura em que conseguiu um dador para um transplante de coração.

Durante todo este tempo, Stan conseguiu viver uma vida normal, fora do hospital e, apesar das atividades do quotidiano, ainda conseguiu jogar basquetebol, uma paixão da qual não abdica.

Tratou-se de uma “montanha-russa emocional”, garantiu Stan Larkin que, duas semanas após a cirurgia, explicou que se sentia “como se pudesse fazer uma caminhada”.

Via NM

Faça o primeiro comentário a "Durante meses, este rapaz andou com o coração às costas (literalmente)"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.