Empresário congolês, Sindika Dokolo, recebe distinção de Homem de Ouro da Arte Contemporânea Africana

Mundo
O empresário congolês, Sindika Dokolo, proprietário de uma fundação com o seu nome, que alberga uma colecção de objectos de artes africanas equivalentes a 50 milhões de Euros, recebeu a distinção de Homem de Ouro da Arte Contemporânea Africana, pelo seu contributo na preservação das artes que tem feito a diferença no incentivo a valorização da identidade cultural do continente.

Casado com a empresária angolana, Isabel dos Santos, Sindika Dokolo é um activista cultural apaixonado e um “business man” categoricamente bem-sucedido, mas a sua paixão é mesmo a arte. Depois de algum tempo, lançou-se para uma batalha de resgate das peças perdidas durante a colonização. Para ele, a arte é tudo aquilo que nos penetra, rodeia o planeta, rodeia-nos a nós mesmos e repreende o controlo de um outro destino.

 A sua esposa, Isabel dos Santos, usou as redes sociais para partilhar o seu orgulho diante deste momento fantástico que o parceiro está a viver.
Lembrar que o pai de Sindika, ex-banqueiro e empresário congolês, coleccionava arte tribal africana e a mãe, de nacionalidade e empresário congolês, coleccionava arte tribal africana e a mãe, de nacionalidade dinamarquesa, fê-lo correr por todos os museus da Europa quando era criança e isto foi crucial na sua construção ideológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.