“Turistas” surpreendidos a gravam porno em cemitério

Mundo

A população de Kingston upon Hull, em Inglaterra, está revoltada depois de uma equipa de filmagem ter sido apanhada no cemitério de Sculcoates Lane a gravar um filme pornográfico. O cemitério em questão, que data de 1840, é paragem habitual dos fãs de histórias de fantasmas, porque se diz estar assombrado pelos monges e crianças ali enterrados. De acordo com o Hull Daily Mail, Mike Covell, guia das visitas ao cemitério, foi quem encontrou os atores a fazerem sexo em pleno cemitério. Os turistas estariam a ler uma lápide quando começaram a ouvir gemidos. Covell encaminhou-os para a origem do som e deu de caras com uma mulher loira e um homem em cima de uma pilha de folhas de hera. Para alem do casal de atores porno, estavam ainda dois homens a gravar a cena, que não perceberam que estavam a ser observados. “Foi o casal quem nos viu primeiro. Estavam ‘naquilo’ como coelhos no meio da vegetação. Quando nos viu ela desatou a fugir. Ele foi atrás dela com as mãos no genitais a queixar-se que tinha picado o pénis nas plantas”, conta Mike Covell. Os habitantes locais exigem que a polícia investigue a intrusão num espaço que dizem ser “sagrado”. “É nojento! Há muitas famílias que aqui vêm. E se alguma criança visse aquilo? Alguém tem que fazer alguma coisa”, reclama John Abbot, de 64 anos, um dos voluntários que trabalha no cemitério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.