“Artistas contribuem para fomentar pirataria”, assume Calisto Ferreira

Uncategorized

Cantor considera que a urgência em divulgar a música precipita a pirataria

Calisto Ferreira considera que a música moçambicana está num caminho e com padrões para ser consumida fora de portas, mas sublinha que alguns artistas contribuem para o aumento da pirataria – que se pretende combater –, ao divulgar suas músicas em meios que facilitam o fenómeno.

“Acho que a nossa música está no caminho certo. Temos produtores de qualidade e que nos conseguem orientar. O problema é que às vezes usamos processos de produção que fomentam a pirataria que tanto queremos ver extinta. Temos de alterar este quadro recorrendo à legislação”, disse Ferreira,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.