China pretende apoiar Moçambique na construção de estrada alternativa que liga Norte e Sul

Vice-Governador de Shandong diz que sua província possui capacidade técnica para o efeito

A província chinesa de Shandong pretende apoiar Moçambique na construção de estrada alternativa que liga o Norte ao Sul do país e ramais que ligam a costa moçambicana aos países vizinhos sem contacto com o mar. Trata-se da primeira resposta à recente visita do Presidente da República à China.

Sun Wei, Vice-Governador de Shandong, diz que a sua província possui capacidade técnica suficiente para desenvolver infraestruturas em Moçambique, e que a maior ambição é ligar o Sul e o Norte de África.

“Chandong é uma província industrializada e muito desenvolvida na área de infraestruturas. Há 30 anos, não tinha nenhuma estrada em condições, por isso, tenho confiança nos bons resultados dos planos deste país no desenvolvimento de estradas, uma vez que temos história semelhante. No encontro de hoje, chegamos a importantes resultados para a concretização deste objectivo”, disse.

Faça o primeiro comentário a "China pretende apoiar Moçambique na construção de estrada alternativa que liga Norte e Sul"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.