Permitir que mulheres conduzam é “expô-las ao demónio”

Uncategorized

As declarações foram feitas na televisão pelo responsável maior do islamismo na Arábia Saudita.

Mufti Sheikh Abdul Aziz bin-Abdullah al-Sheik não aprova que as mulheres da Arábia Saudita sejam autorizadas a conduzir.

Porquê? Porque, na óptica do maior responsável do clérigo islâmico naquele país, permitir que as mulheres conduzam é “expô-las ao demónio”.

Até porque, disse em declarações ao canal de televisão religioso Almajd posteriormente citadas pelo jornal britânico Independent, os homens de “espírito fraco” e os que são “obcecados por mulheres” podem causar sérios danos às condutoras.

E não só. O responsável considera também que dar às mulheres a possibilidade de conduzir fará com que as suas famílias desconheçam o seu “paradeiro” no dia-a-dia.

Perante a lei as mulheres podem conduzir, contudo, na prática, é-lhes negado que tirem a carta de condução.

Mas há excepções. As mulheres que vivem no campo e que precisam de conduzir para manter a família estão autorizadas a tirar a carta de condução e a ter uma viatura própria.

Via RM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.